Sobre o Coletivo Feminista

Sobre o Coletivo Feminista

O Coletivo de Saúde Feminista Sexualidade e Saúde é uma Organização Não Governamental, que desenvolve desde 1981 um trabalho com especial foco na atenção primária em saúde das mulheres, com uma perspectiva feminista e humanizada. Desde sua origem, o Coletivo Feminista se estruturou a partir de um consultório próprio e particular, e assim foi ao longo de suas três décadas. Durante esses anos, pode desenvolver diversos projetos a partir de financiamentos de organizações internacionais e nacionais, assim como através de convênios com o governo em áreas como: direitos humanos das mulheres, violência de gênero e saúde sexual e reprodutiva.

Trajetória do Coletivo

Ao longo de sua trajetória, os atendimentos se expandiram para uma diversidade de atendimentos de saúde. Desenvolvendo e ampliando as áreas de atendimento e dos profissionais de saúde entendendo a necessidade de cada ser humano a partir do enfoque das relações de gênero e da luta contra o machismo.

O Coletivo Feminista hoje.

A atual equipe do Coletivo compreende que o cuidado em saúde que se opõe ao controle dos corpos, em especial a do corpo feminino, das relações abusivas e de violências, deve acontecer através do cuidado e da atenção às mulheres e aos homens, às crianças e aos adultos. E neste sentido a adesão na equipe de medicas e médicos da família e comunidade, além dos profissionais que tradicionalmente já incorporavam a equipe, como medicas ginecologistas, obstetrizes, psicólogos e psiquiatras, trouxeram em evidencia a necessidade de sempre desenvolvemos nossa percepção, podendo somar a perspectiva feminista, o atendimento em saúde sem distinção de gênero, idade ou qualquer outra discriminação.

Veja algumas fotos do Coletivo Feminista

DÚVIDAS FREQUENTES - FAQ do CFSS

ATIVIDADES DO COLETIVO FEMINISTA DE SEXUALIDADE E SAÚDE

O Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde é só uma página no Facebook? O que é?
Com certeza não :)
Este é um dos canais de comunicação do Coletivo, para divulgação de nossas atividades, produções, projetos, atividades. Também temos o Instagram do Coletivo e nosso site, visite: http://mulheres.org.br
O Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde tem uma sede própria, onde funciona um ambulatório de saúde, com perspectiva feminista, desde 1981, na cidade de São Paulo.
O que é o Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde?
O Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde atualmente funciona em um espaço físico próximo ao Largo da Batata, na cidade de São Paulo, como um local de encontro, acolhimento, atendimento e cuidado em saúde com uma perspectiva feminista.
Fundado em 1981, sua trajetória passou por diversas formulações, por duas casas, e diversos projetos no Brasil, sempre com o olhar da desmedicalização, enfrentamento da violência contra as mulheres, pelos direitos sexuais e reprodutivos.
Para saber mais, acesse o site: http://mulheres.org.br/historia/
O que acontece no Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde?
No Coletivo atualmente acontecem os atendimentos de saúde (com médicas, obstetrizes, doula, nutricionista, psicólogas e psicólogos, acupunturista) e jurídico. Também acontecem rodas de conversa, mini cursos,
confraternizações, debates; acompanhe nossa programação através de nossa newsletter e também de nossas redes sociais:
Inscreva-se na newsletter: http://mulheres.org.br/
Instagram: https://www.instagram.com/coletivo_feminista_s_saude/
Facebook: https://www.facebook.com/ColetivoFeminista
Quais serviços são oferecidos no Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde?
Na sede do Coletivo são oferecidas oficinas, mini cursos, rodas de conversa, além das consultas com profissionais da saúde e do direito. Não são realizados exames laboratoriais ou de imagem no Coletivo, mas quando necessários, são solicitados pelas profissionais através de pedidos médicos.

ATENDIMENTOS EM SAÚDE

Que consultas existem no Coletivo?
Consultas de rotina e cuidados ginecológicos (com médicas), planejamento reprodutivo com métodos hormonais e não hormonais (com médicas e obstetrizes), consulta pré-concepcional (com nutricionista, médicas e obstetrizes), pré-natal (com médicas, obstetrizes e nutricionista), acolhimento de gestações não planejadas. Também são oferecidos atendimentos com doula, nutricionista, advogadas, psicólogas e psicólogos.
Os atendimentos no Coletivo são gratuitos? O Coletivo está vinculado ao SUS?
Não. Atualmente o Coletivo não é conveniado ao SUS e as consultas são particulares, mediante pagamento. As alternativas são os reembolsos realizados por algumas operadoras de saúde e as consultas sociais.
O Coletivo aceita convênio médico/plano de saúde/operadora de saúde?
Não, porém alguns convênios/planos de saúde realizam reembolso para suas clientes, mediante o recibo emitido pelo Coletivo. É preciso verificar com seu plano para conhecer se há essa possibilidade.
Não posso pagar a consulta, como posso me consultar?
Sim, realizamos consultas sociais para mulheres que não tenham condições de arcar com o valor da consulta. Todos os profissionais dispõem em sua agenda alguns horários para atendimento social (consultas com um valor mais acessível ou, dependendo da situação, gratuitas). Para saber mais, ligue e peça mais informações: (11) 3812-8681.
Como faço para agendar uma consulta social? Como é feita essa triagem?
O agendamento acontece da mesma forma que os agendamentos comuns do Coletivo. Ligue para o telefone (11) 3812-8681 de segunda à sexta-feira das 9h às 17h e solicite a consulta social.
Qual a forma de pagamento para as consultas?
Os pagamentos podem ser realizados em dinheiro ou através de cartão de débito.
Como faço para agendar consultas no Coletivo?

Consultas em saúde das mulheres (obstetrizes ou médicas):

Para agendar sua consulta você deve ligar para o número (11) 3812-8681 de segunda à sexta-feira das 9h às 17h.
E-mail: mulheresorg@gmail.com (para dúvidas ou dificuldades com as ligações)

Saúde Mental:

As consultas em Saúde Mental são oferecidas por psicólogas, psicólogos e pelas médicas de família e comunidade. A primeira consulta acontece primeiramente com um/a da/os psicólogos da equipe.

Consultas em psicologia:

Ligar em horário comercial no número 3812-8681, enviar um email para mulheresorg@gmail.com e deixar nome e telefone, ou fazer um cadastro em http://mulheres.org.br/atendimentos/saude-mental/
Um de nossos analistas ligará para agendar a entrevista. Temos uma lista de espera que funciona por ordem de solicitação de, em média, 15 dias.
Os valores não são fixos, são negociados caso a caso.
Consultas com advogadas, doula, nutricionista ou astróloga:
Ligar para o nosso telefone fixo (11)3812-8681 ou envie e-mail mulheresorg@gmail.com
No Coletivo tem atendimento médico?
Sim. Atualmente a equipe do ambulatório de saúde das mulheres conta com 2 ginecologistas obstetras e 7 médicas de família e comunidade. Além destas profissionais, as consultas em saúde das mulheres também são ofertadas pelas obstetrizes.
Porque me consultar com uma obstetriz?
Obstetrizes são profissionais da saúde graduadas em Obstetrícia, e tem habilitação para atuarem em qualquer serviço de saúde de atenção primária para mulheres. Atualmente a equipe de obstetrizes do Coletivo acompanham pré-natal, consultas de planejamento reprodutivo (consulta que inclui a medição de diafragma) e realizam oficinas e atividades de educação sexual e reprodutiva, além de ginecologia autônoma e natural.
Porque me consultar com uma médica de família e comunidade?
No Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde o trabalho das médicas de família envolve não só o cuidado de pessoas do ponto de vista ginecológico (com exames de rastreio e prevenção de doenças), mas também em saúde geral. Portanto, o atendimento com uma médica de família proporciona uma atenção integral à saúde com foco em decisão compartilhada e promoção de autonomia e autocuidado, seguindo o princípio da não maleficência, ou seja, de não causar dano.
Porque me consultar com uma nutricionista?
A troca de conhecimentos e experiências entre a nutricionista e a/o usuária/o, possibilita o desenvolvimento de suas potencialidades e autonomia para a efetivação de comportamentos consistentes, coerentes e conscientes. Por meio de uma abordagem biológica, psicológica e social de Nutrição - na contramão de tratamentos funcionais, estilos fitness e dietas restritivas - facilitamos um processo de cuidado flexível, educativo, dinâmico e reflexivo para a promoção de saúde, prevenção de doenças e o bem-estar físico, mental e social.
Porque me consultar com uma doula?
Doulas são acompanhantes de mulheres em processos de gestação, parto e puerpério. A doula pode te orientar quanto à possibilidades mais atualizadas, seguras e respeitosas para a vivência do pré natal e parto na cidade de São Paulo, a partir de suas individualidades, seu território, e possibilidades financeiras. Também pode oferecer possibilidades de preparação corporal, e suporte no pós parto imediato.
Quais procedimentos são realizados na consulta com médicas/obstetrizes?
No Coletivo, apenas é realizada a coleta de colpocitologia (papanicolau ou preventivo). Esta coleta é levada pela própria mulher para o laboratório que preferir. Não fazemos exames laboratoriais, de imagem ou procedimentos cirúrgicos.
São realizados exames clínicos, escuta ativa, pedidos de exames se necessários, e toda consulta tem o retorno incluso (seja com médica ou obstetriz).

CONSULTAS GINECOLÓGICAS

Médicas da família e Comunidade também fazem consultas ginecológicas?
Sim, o trabalho das Médicas de Família envolve atenção à saúde da mulher no campo dos cuidados primários. A grande maioria das pacientes não necessita de um especialista (ginecologista), uma vez que essas profissionais realizam consultas, solicitam exames de rastreamento e investigação diagnóstica e prescrevem tratamentos. Em casos mais complexos, essas profissionais encaminham para avaliação de um especialista (ginecologista).
Quais as diferenças entre uma médica/o da família e Comunidade e um/a médica/o ginecologista?
Médicxs de família são formadxs para um atendimento integral dos pacientes. Atendem adultos, mulheres, crianças, idosos. Fazem a coordenação do cuidado de pacientes que precisem de acompanhamento de diferentes especialistas. Na grande maioria das vezes é o único especialista que uma pessoa precisaria consultar. Pode cuidar de muitas questões de saúde como pressão alta, problemas de tireóide, diabetes. Estão muito capacitados para lidar com os cuidados em saúde da mulher como acompanhamento de rotina, pré-natal, cuidados de questões como ovários policísticos e outros. Podem eventualmente encaminhar a mulher para uma ginecologista.
Uma ginecologista é especialista em saúde das mulheres. Tem uma formação voltada para essa área. Realiza toda a atenção que as médicas de família realizam no que se refere a saúde das mulheres mas também pode receber casos em que as médicas de família tem dúvidas. No Coletivo realizamos um processo de matriciamento em que os casos necessários são discutidos entre a equipe que envolve obstetrizes, médicas de família e ginecologista.
Obstetrizes também realizam consultas ginecológicas?
Mulheres que procuram consultas de rotina, sem queixas ginecológicas mais complexas, que estão na época de realizar coleta de colpocitologia (papanicolau) e que querem discutir métodos contraceptivos, orientações para concepção ou fazer medição de diafragma, podem passar em consulta com umas das obstetrizes da equipe do Coletivo.
Existe consulta somente para coleta do exame de Papanicolau?
Não, coletas de exames (quaisquer que sejam), devem ser avaliados junta as profissionais de saúde, inclusive para se verificar a necessidade deste ou outro exame.
É possível fazer inserção de DIU ou fazer medição para usar Diafragma no Coletivo?
Sim, ambas opções. É possível realizar uma consulta de planejamento reprodutivo com as obstetrizes para conhecer os métodos contraceptivos disponíveis atualmente no Brasil, e decidir qual a melhor opção para você.
No Coletivo é possível realizar a inserção do DIU (leia nosso protocolo aqui: http://mulheres.org.br/cartilha-informativa-indicacao-uso-diu-de-cobre-contracepcao/)
E também realizar a medição do Diafragma.
No Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde vende Diafragma e DIU?
Sim, ambos são possíveis adquirir no próprio Coletivo, independentemente se sua opção será realizar a consulta conosco.
É possível fazer uma consulta com médicas ou obstetrizes online?
Não, nenhuma consulta de saúde das mulheres pode ser realizada através da internet, pois sempre é necessária uma avaliação clínica, que é presencial, do estado integral da saúde da pessoa cuidada.

PARTO E NASCIMENTOS

As profissionais do Coletivo acompanham partos e nascimentos?
Atualmente somente as obstetrizes (parteiras) da equipe do Coletivo acompanham partos e nascimentos. Elas realizam acompanhamento de parto domiciliar (leia mais aqui) ou hospitalar com equipe da rede de humanização, você pode agendar uma consulta de pré-natal e consultoria para o seu planejamento de parto aqui no Coletivo, agenda sua consulta.

ACOMPANHAMENTO DE PESSOAS

Existem acompanhamento pediátrico no Coletivo?
Sim, o Coletivo faz consultas em bebês e crianças, a chamada puericultura, com a equipe das Médicas de Família e Comunidade. Ligue para agendar a consulta.
Além de mulheres cis, há atendimento para pessoas trans?
Sim, o Coletivo atende qualquer pessoa, independente de seu gênero e/ou sexo.
Os atendimentos são somente para mulheres? Homens, crianças, pessoas idosas também podem se consultar no Coletivo?
Sim, os atendimentos são para qualquer pessoa, independente de seu gênero, sexo ou idade. As consultas com homens cis ou mulheres trans, pessoas idosas ou crianças podem ser realizadas pelas médicas de família e comunidade, nutricionista, advogadas ou equipe de psicologia, conforme a necessidade.